Skip to content

A fusão dos corpos, sexo

fevereiro 17, 2013

Sexo - Foto: Karine Basilio

s mudanças que ocorrem no organismo durante a relação sexual.

 

CÉREBRO

É ele quem dá a largada, ordenando a produção de adrenalina, hormônio que faz aumentar a freqüência dos batimentos cardíacos. O cérebro também manda produzir dopamina, o neurotransmissor associado aos desejos de uma forma geral, como a vontade de comer, de beber e de fazer sexo. Com a excitação e o contato físico com o parceiro, os órgãos genitais devolvem ao cérebro novas mensagens de prazer, que estimulam ainda mais o sistema nervoso. Para impedir que a escalada de sensações cause uma pane nos neurônios, outra região do cérebro interrompe tudo com uma descarga de substâncias calmantes, as endorfinas. É quando acontece o orgasmo, clímax da relação sexual.

ÓRGÃOS GENITAIS

A pressão sangüínea no pênis chega a ficar 17 vezes maior do que a normal. Na mulher, o hormônio ocitocina se espalha pelo organismo, tornando várias áreas do corpo, como os seios e a boca, cada vez mais sensíveis à excitação sexual.

 

MÚSCULOS

A maior quantidade de sangue, que chega para assegurar o fornecimento de energia, também provoca a dilatação da musculatura. Após o orgasmo, costuma ocorrer sonolência. Durante uma relação sexual, são consumidas entre 420 e 660 calorias, o equivalente a três a quatro barras de 30 gramas de chocolate.

 

RESPIRAÇÃO

Para dar mais energia aos músculos, o pulmão precisa trabalhar mais e mais depressa. O número de inspirações sobe de 14 para 20 por minuto. Pouco a pouco, a respiração se torna mais profunda.

 

PELE

Com o maior bombeamento de sangue, a circulação periférica – nos vasos mais próximos da pele – se dilata, deixando a pele rosada e quente. O indíviduo transpira.

 

CORAÇÃO

Estimulado pela adrenalina, dobra o número de batimentos, a fim de suprir os músculos do corpo com mais energia, isto é, oxigênio.

Quem sabe é super

Depois da ejaculação, os espermatozóides se dirigem para o óvulo a uma velocidade de 11 centímetros por hora, o que equivale a um nadador percorrer 10 metros por segundo. A viagem até o local da fecundação leva 50 minutos.

Beijos inesquecíveis

Para o antropólogo inglês Desmond Morris, a origem do beijo erótico dos amantes pode estar em costumes muito primitivos. Na pré-história, as mães desmamavam os filhos mastigando a comida e passando-a diretamente para a boca do bebê. Essa prática desapareceu na sociedade moderna, mas a lembrança do intenso prazer no contato boca a boca pode ter se transmitido através das gerações. Tanto a língua quanto a boca são áreas de grande sensibilidade erótica. Por isso o beijo é tão importante. lgumas tribos africanas ainda mantêm o costume primitivo pelo qual a mãe passa a comida, já mastigada, para a boca do bebê. Esta pode ser a origem do beijo dos amantes Nos filmes de Hollywood (como …E o vento levou, com Clark Gable e Vivien Leigh), o beijo na boca é a expressão máxima da paixão

A dança dos 12 passos

Um ritual de intimidade crescente é o prelúdio da penetração sexual.

1. Olho – Corpo

Os parceiros se observam, atraídos pela visão de um corpo que consideram belo, desejável.

2. Olho – Olho

Os olhares se cruzam, sinalizando o interesse mútuo. Um sorriso, nessa fase, é a senha para o início de uma conversa.

3. Voz – Voz

As primeiras palavras são banais e um tanto forçadas. Depois, a conversa vai ficando mais íntima. O tom de voz e as expressões faciais dizem tanto quanto as palavras.

4. Mão – Mão

De um pretexto banal como ajudar a tirar um casaco, acontece o primeiro toque. A adrenalina é liberada e começa o processo da excitação.

5. Braço – Ombro

O gesto é consentido por ainda não demonstrar intenções sexuais explícitas. No cérebro, intensifica-se a produção dos neurotransmissores ligados a sensações de prazer, principalmente a dopamina.

 

6. Braço – Cintura

No primeiro gesto comprometedor, as mãos do homem se aproximam da região genital da mulher.

7. Boca – Boca

Os lábios se unem, indicando a vontade de prosseguir a relação. Começam a lubrificação da vagina, na mulher, e a ereção, no homem.

8. Mão – Rosto

Depois do beijo, as mãos acariciam o rosto, os cabelos, a nuca, o pescoço…

9. Mão – Corpo

As carícias se estendem ao corpo todo. Agora, a estimulação é tão grande que torna a cópula quase inevitável.

10. Boca – Seio

Os lábios percorrem o corpo do outro. A boca do homem nos seios da mulher tem um efeito especialmente excitante.

11. Mão – Genital

Nessa etapa, os órgãos genitais masculinos e femininos já estão prontos para a penetração.

12. Genital – Genital

O pênis penetra na vagina e se move, ritmicamente, até o orgasmo.

Agüenta, coração

O ritmo cardíaco se altera dramaticamente durante uma relação sexual, como mostra a tabela do livro Você – um estudo objetivo do comportamento humano, de Desmond Morris

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: